Memorização Renato Alves

Seja bem vindo ao portal campeão de memorização. Aqui você vai encontrar depoimentos e dicas de Renato Alves que irão ajudá-lo a potencializar o uso da sua memória e a sua concentração.

Novidades pra você que lida com muita informação mas dispõe de pouco tempo. Confira também as entrevista do Renato Alves com apresentadores consagrados da televisão e orientações indispensáveis pra você que está se preparando pra concursos públicos e vestibulares.

E se você ainda está sofrendo com distrações e esquecimentos, temos a ferramenta perfeita pra você!

Curso Avançado de Estudo e Memorização e Concentração, um curso completo, rápido e eficiente que vai revolucionar a sua maneira de aprender abordando os temas como:

  • como ler sem esforço até cinquenta livros por ano
  • o que fazer quando der o branco na memória
  • como obter alta concentração no trabalho e nos estudos
  • técnicas de leitura concentrada e o mais importante…
  • lembrar de tudo que leu.

Memorize qualquer informação dez vezes mais rápido. Você prestou atenção? Viu que variedade e benefícios?

É impossível não agradar você e sua família não é?

Então, dê esse presente pra você. E tem mais, nós garantimos que você vai ampliar de maneira extraordinária o seu potencial de retenção de informação fazendo de você uma pessoa de destaque no ambiente de trabalho e na sala de aula.

O nosso curso de memorização e concentração é um trabalho sério e embasado nas últimas pesquisas científicas sobre o funcionamento da memória.

São oito horas de treinamento que garantirão à você um aprendizado de altíssima qualidade.

Entre para o seleto grupo das pessoas que brilham.

Faça a escolha certa! Faça logo a sua inscrição!

Seja um campeão de memorização 🙂

SAIBA COMO ACESSAR O CURSO COMPLETO DE ESTUDO E MEMORIZAÇÃO. CLIQUE AQUI: https://estudarememorizar.com.br/como-acesso-o-curso

Como Estudar Para Prova e Não Esquecer Tudo Depois

Olá, o tema que eu vou tratar hoje é “O desempenho nos estudos”.

Você tem um bom desempenho nos estudos? Vamos ver tudo o que você precisa para se dar bem ok? Muitos estudantes passam horas e horas debruçados sobre os livros mas ainda assim seu desempenho nos estudos é baixo e os resultados ficam sempre aquém do esperado.

E você sabe por que isso acontece? Esses indivíduos se perguntam o porquê do ciclo vicioso, o porquê do branco na hora da prova, a maioria fica angustiada mas não percebe que algumas mudanças simples na maneira de estudar podem potencializar na concentração e consequentemente na retenção do conteúdo na memória.

Você sente que já passou por algum tipo de dificuldade nos estudos? Se você se identificou com o que acabei de dizer então você está no lugar certo! Primeira dica:

Crie Uma Estratégia de Estudo

Ao estudar você já sentiu como se estivesse em um barco remando sem sair do lugar? Sabia que um dos prováveis motivos para essa sensação é que você não está estudando da forma correta?

As pessoas acreditam que já crescemos sabendo estudar mas na verdade a gente não aprendeu a estudar corretamente. Desde cedo aprendemos na escola o que devemos estudar mas se esqueceram de nos ensinar como se estuda.

E é aí que começa o desespero de muitos estudantes frente às demandas acadêmicas. Outro ponto que você deve levar em consideração é o ritmo de aprendizagem.

Cada pessoa tem o seu ritmo, o que faz com que o processo de aquisição de conhecimento também varie. Portanto, não há um melhor jeito de estudar.

Há um jeito mais adequado às suas particularidades cognitivas e é tarefa nossa, minha e sua, descobrir o que funciona para você para maximizar o seu rendimento.

Você deve conhecer o meu livro, o não pergunte se ele estudou, pergunte se ele sabe estudar. Ou seja, um professor não deve perguntar a um aluno se ele já estudou ele tem que ensiná-lo a estudar primeiro antes de perguntar. Por quê?

O que falta pra maioria dos estudantes é o método, é a forma, é o knowhow, é o não saber como estudar. Então, vamos ver duas dicas aqui pra você entender a importância da assiduidade nos seus estudos, vamos ver. Bom, não há maneira correta e exclusiva de aprender.

Mas existem técnicas que aceleram o processo de aprendizagem e uma delas é estabelecer uma rotina de estudos. Pra começar, você tem que lembrar que o desempenho nos estudos depende muito da assiduidade.

O que é ser assíduo? Ser assíduo é ter a iniciativa de ser constante. Trabalhar em horários definidos e seguir um planejamento a fim de evitar a postergação das tarefas ou sucumbir à famosa, popular, procrastinação.

Esqueça aquela dinâmica de só estudar para avaliações em cima da hora. Para alcançar o sucesso nos estudos e obter um bom aproveitamento você deve comprometer algumas horas diariamente, adotando um ritmo de estudo constante.

Tenha em mente que o conhecimento é solidificado em seu cérebro aos poucos, camada por camada. Aprender é como escalar uma montanha, dia após dia.

Você vai recomeçar do ponto em que parou. Trata-se de uma construção contínua e seu ritmo de estudo, se ele for errático, a evolução será igualmente problemática.

Esteja certo que não é possível absorver todo conteúdo de uma única vez. Então, em vez de virar madrugadas estudando para uma prova, vá acumulando esses saberes pouco a pouco. É importante ser persistente. O estudante, ele não tem que ter pressa. Ele tem que ter planejamento. Então é importante, a segunda dica agora:

Elaborar Um Plano de Estudos

Então, vamos pensar o seguinte olha… pra você não se dissipar ou dissipar os esforços… a força de vontade… não gastar energia… é preciso investir algum tempo na elaboração de um planejamento, de um plano de estudos.

Pense nesse plano como um roteiro detalhado no qual devem constar horários fixos, dias de estudo e dias de revisão, projeção de pausas, distribuição das matérias.

Esse plano, é claro, deve levar em conta outras demandas do seu cotidiano. Por exemplo, não adianta montar um planejamento com a quantidade exorbitante de horas de estudo se você simplesmente não vai conseguir cumprir.

Porque há outras atividades que precisam também da sua atenção, você concorda comigo?

Crie também um roteiro realista que se adapte à sua rotina. Acima de tudo respeite os seus horários de descanso. Só uma mente descansada consegue ser produtiva.

E uma dica importante pra você: lista os seus compromissos dos quais você pode abrir mão e dos quais você não vai poder facilitar o estabelecimento das prioridades e a organização dos seus horários.

Se você tem a possibilidade de estudar, por exemplo, 3 horas por dia, distribua as matérias a partir desse panorama. Projete um tempo máximo de estudos e também os intervalos.

Cada pico de 60 minutos de estudo você poderia descansar 10 minutos. Depois siga o que ficou definido e não se esqueça de reservar sempre um dia para a revisão do que foi estudado pra você reformar as memórias de longa duração.

Então, mantendo a assiduidade, ou seja, sendo constante você perceberá uma melhora considerável nos resultados que você obtém com os estudos. Outra dica:

Reserve Um Local Apropriado Para Estudar

O que seria um local apropriado? Assim como o estabelecimento de uma rotina de estudos é importante, ter um lugar próprio pra estudar, pra você escrever, digitar, resolver questões, fazer resumos, elaborar textos… tanto o quesito não ser interrompido quanto de funcionalidade, você deve levar em consideração na escolha de um local de estudo.

O ambiente de estudos deve incluir uma mesa ou escrivaninha com espaço suficiente para os seus pertences, os seus livros e cadernos, materiais de apoio, uma cadeira que seja ergonômica…. porque as vezes uma cadeira ruim acaba tirando a nossa concentração… que dê uma boa sustentação para a suas costas e seus braços.

Caso você fique mal posicionado ao estudar sentirá eventualmente os efeitos negativos sobre as suas articulações e seus músculos. E é importante também que o nível de barulho seja mínimo e que o ambiente também seja bem arejado e iluminado.

Especialmente se você estudar à noite depois de uma jornada de trabalho. E presta atenção também na iluminação, ela tem que sempre surgir, se você for destro, a iluminação tem que vir de trás e à esquerda.

Por quê? Se você é destro e essa luz vem de frente ou à direita, a sombra da sua mão será projetada em cima da folha do livro e isso pode escurecendo a folha gerar um esforço visual que causaria sonolência. Então, até a iluminação é importante.

Outra boa estratégia é manter um quadro de avisos na parede com a sua programação semanal de horários e matérias. Se você é do tipo desorganizado, esse quadro também será útil pra você pendurar em seus avisos, lembretes, coisas importantes que você tem que fazer.

Resumindo, você não necessariamente precisa de um escritório completo. Mas de um ambiente destinado ao seu aprendizado e o seu corpo e a sua mente precisam processar a informação de uma maneira suave.

Por isso, o local influencia bastante. Outro conselho, evite a tentação de estudar sentado no sofá ou na cama ou deitadão. Por quê? O conforto desses lugares pode trazer sonolência. Não me entenda mal.

Seu espaço de estudos deve ser confortável e ergonômico mas apenas o suficiente para mantê-lo centrado e dedicado em suas metas e não um local pra você tirar as férias ou tirar sua soneca. Outra dica:

Organize o Ambiente

Além de ter um espaço projetado para os estudos é importante mantê-lo organizado e limpo. Sabe por quê?

Há estudos que dizem que pessoas mais criativas costumam ser descuidadas com seus pertences, deixando tudo em qualquer lugar, de qualquer jeito, lá no escritório ou no trabalho.

Isso pode ser até verdade em relação à criatividade e à inovação. Mas não se engane.

O que está em jogo aqui é o rendimento nos seus estudos, sua absorção na memória das matérias que você estudou.

Se a pessoa é desorganizada ela leva mais tempo, essa bagunça acaba gerando mais transtorno do que produtividade. Sujeira e bagunça contribuem para que seu cérebro se sinta perdido, cansado e mais propenso a permanecer disperso.

O asseio do local, a limpeza do local é indispensável para garantir o foco além de funcionar como um elemento motivador nas horas mais desafiadoras.

O seu ambiente de estudos portanto deve ter uma projeção da sua mente que deve ser organizada, silenciosa, focada e limpa. Aliás eu espero sinceramente que a sua mente seja a maior parte do tempo assim.

Outro ponto crucial da organização é que você precisa sentir que tem todos os instrumentos necessários ao seu alcance.

Parece muito óbvio isso tá? Mas não adianta você elaborar um plano de estudos minucioso com as horas contadas, se você for demorar por exemplo 15 minutos pra pegar uma apostila ou pra pegar uma borracha.

O ideal é você organizar todos os seus materiais dentro de um estojo e manter tudo ali próximo de você.

Caso você não tenha esse espaço suficiente, separe todos materiais que serão necessários. Aliás, isso é importante, e deixe de fora aquilo que você não irá precisar.

Crie sempre o hábito também de fazer uma faxina em seu espaço pelo menos uma vez por mês. Eu adoro fazer esses tipos de limpeza.

E tenha em mente que a organização é uma habilidade necessária na vida de todos os adultos, podendo ser inclusive uma aliada no controle da ansiedade. Porque a organização é uma forma de manter a nossa mente controlada.

Quando a gente vê o ambiente todo caótico, a nossa vida de forma caótica, a ansiedade será sua maior companheira. Então, treine o seu cérebro a se manter organizado também.

Jamais parta para uma tarefa antes de terminar a anterior e tenha disciplina e obedeça sempre a sua listinha de prioridades. Outra dica:

Aprenda a se Concentrar

Entenda que a qualidade do estudo está diretamente ligada à capacidade de se concentrar em alguma coisa. Manter o foco é a chave pra reter o conteúdo estudado.

A concentração é o que acontece quando você está totalmente focado em algo. Como quando você lê um livro e ouve uma música você esquece do mundo ao seu redor.

A sua mente parece que é transportada pra uma outra dimensão onde aquilo que você está fazendo é o que importa. Nos estudos, entretanto, como não há uma narrativa linear para prender a sua atenção, é mais difícil atingir esse estado. Porque no estudo muitas vezes você tem que ficar juntando informações pra poder compreender uma matéria.

Pra falar a verdade, no momento em que você começa a se concentrar seu cérebro parece teimar em se distrair com qualquer coisa. Sabe aqueles momentos em que você se permite checar o facebook ou ver a tv, e quando está… e quando você percebe que já perdeu meia hora?

Pois é, perda de tempo é o resultado da falta de foco que leva à procrastinação. Mas como é que você consegue então se concentrar nos estudos?

Em meu livro, O Cérebro Com Foco e Disciplina, que é este livro aqui, eu explico que a concentração é um estado mental que pode ser aprendido. Ou seja, uma habilidade que pode ser desenvolvida e você conseguir ampliar por muito mais tempo.

Assim como qualquer outra tarefa, você só precisa educar a sua mente para se manter focado no momento presente e se dedicar exclusivamente para completar uma tarefa de cada vez.

Desligar das coisas, ficar longe de aparelhos que possam roubar sua atenção é importante e isso aos poucos vai conectando seu cérebro com o desafio real que está na sua frente que é o estudo. Se você está estudando, por exemplo, matemática financeira?

Então, respire fundo, faça um acordo consigo mesmo e se dedique inteiramente ao que precisa ser aprendido. No começo, o seu corpo e a sua mente vão oferecer inúmeros obstáculos e desculpas e oportunidades de distração.

É a preguiça mental tentando dar as cartas. Resista! Persista em seu objetivo, siga o seu planejamento e só pause nos intervalos que você definiu lá no seu plano de estudos. Intercale matérias de mais e menos afinidade. Você sabe aqueles assuntos que você treme só de imaginar? Pois bem, por bem ou por mal eles terão que ser estudados.

Tanto quanto aqueles que você adora para os quais você já possui alguma habilidade natural. Seu pesadelo é, por exemplo, administração, é direito penal, é contabilidade?

Então, intercale esse tipo de disciplina, desafiadora né, com matérias mais prazerosas. Pense nisso quando você estiver elaborando um plano de estudos e tente achar um equilíbrio.

Depois de uma matéria difícil, estude uma matéria mais fácil. Se você deixar pra estudar todos os assuntos pelos quais você não nutre o menor interesse num dia só, acabará criando uma profunda aversão a eles.

E mesmo sem perceber a sua mente encontrará maneiras de te sabotar!

SAIBA COMO ACESSAR O CURSO COMPLETO DE ESTUDO E MEMORIZAÇÃO. CLIQUE AQUI: https://estudarememorizar.com.br/como-acesso-o-curso

Técnicas de Memorização Para Acabar Com os Esquecimentos

Cátia Fonseca: Mas acho que sua vida é mais divertida depois que você aprendeu essas técnicas não é?

Renato Alves: Você confia mais na memória não é?

Cátia Fonseca: E divertido porque você sempre acaba formando histórias

Renato Alves: Fica mais criativo…

Cátia Fonseca: Fica mais criativo!

Renato Alves: Com certeza.

Cátia Fonseca: E outro ponto que é importante na vida da gente é criatividade

Renato Alves: Perfeitamente

Cátia Fonseca: Não só na profissão, mas na vida amorosa, na vida com os filhos.

Renato Alves: Exatamente

Cátia Fonseca: Né? Em sociedade

Renato Alves: Eu trouxe uma demonstração pra fazer aqui.

Cátia Fonseca: Você disse que vai lembrar esses números todos?

Renato Alves: Pra vermos a capacidade da memória de um ser humano

Cátia Fonseca: São sento e dezoito números?

Renato Alves: É o Pi com cento e dezoito dígitos

Cátia Fonseca: Ohh eu vou deixar ao contrário pra ele não ver

Renato Alves: Eu vou até virar pra lousa

Cátia Fonseca: Você pode virar pra lousa e eu vou acompanhar dali porque eu não vou saber.

Renato Alves: Deixa eu explicar, o objetivo desse… eu não tenho um QI elevado e não tenho uma genética especial.

Cátia Fonseca: E nem tá de ponto eletrônico.

Renato Alves: Eu sou uma pessoa que reclamava da memória e que aprendeu a utilizar a memória com eficiência

Cátia Fonseca: Você lembra desses cento e dezoito números na sequência certa?

Renato Alves: Eu vou dizer esses números na sequência certa. Aí eu peço a tua ajuda. Vai acompanhando com a caneta ou com o dedo. Se eu por acaso trocar algum dígito diga apenas “não” que eu mesmo corrijo.

Cátia Fonseca: Tá bom.

Renato Alves: Porque exige bastante concentração esse exercício.

Cátia Fonseca: Rafinha, pega pra mim aí. A gente tem que mostrar por aqui. Não, não aqui não. Os números porque eu vou apontando cada um que ele vai dizendo. Mas você vai devagar enquanto fala os números pra eu poder achar os números aqui.

Renato Alves: Tá bom.

Cátia Fonseca: Vai!

Renato Alves: 3,14 15 92 65

Cátia Fonseca: Isso! 35

Renato Alves: 89 79 32 38 46 26 43 38 32 79 50 28 84 19 71 69 39 93 75 10 58 20 97 49 44 59

Cátia Fonseca: Certo.

Renato Alves: Isso! 23 07 81 64 06 28 62 08 99 86 28 03 48 25 34 21 17 06 79 82 14 80 86 51 32 82 30 66

Cátia Fonseca: Gente, como você lembra tudo isso? Eu me perdi com o meu apontador ali pra ver. Como que você memorizou tudo isso?

Renato Alves: Esse número chega a quinhentos dígitos, eu trouxe um fragmento do número aqui pra gente não gastar muito tempo né?

Cátia Fonseca: Mas como que você memoriza tanta coisa?

Renato Alves: Aí já é técnica de campeonato de memória. Eu fui o primeiro recordista brasileiro de memória. Então, isso é uma técnica bem avançada. Não dá nem pra começar a explicar. Mas o que é que eu gosto de mostrar com isso Cátia… a possibilidade de um cérebro humano. Está ao seu alcance isso. Ao alcance de qualquer pessoa.

Cátia Fonseca: Dizem… isso a gente aprendeu aqui com o professor Pi se eu não me engano há um tempinho atrás. Ele diz que: matéria dada, matéria estudada, matéria memorizada. Uma vez que você segue essa sequência. Antes de dormir… quando você dorme e você já memorizou isso muito bem. Falou pra você tudo aquilo que você aprendeu, você firmou o aprendizado. Quando a gente dorme, esse conteúdo, essa informação, ela vai ser direcionada pra uma região cerebral que você não esquece mais. Você não precisa decorar mais nada pra prova. Estudando desse jeito, você sabe a matéria não mais pra prova mas pra vida.

Renato Alves: Eu posso até alterar um pouquinho, acrescentar…

Cátia Fonseca: Pode pode!

Renato Alves: Matéria dada, matéria explicada, matéria memorizada. Então, o segredo da boa memória é você explicar o que você aprendeu. Então, é a prova de fogo. Se você não consegue explicar o que você aprendeu, não houve memorização.

Cátia Fonseca: Certo! Renato Alves: Né? Tem que buscar isso.

Cátia Fonseca: Qualquer pessoa consegue independente da sua idade também, treinar a sua memória ao ponto de não esquecer mais absolutamente nada?

Renato Alves: Isso é uma boa notícia, ao longo da vida eu vivencio isso todos os dias nos meus cursos. Tem pessoas de idade aí de 8 a 80 anos, pessoas que vieram com uma certa idade e conseguem fazer os exercícios como um garoto de 8 anos. Então, ao longo da vida a memória não vai ficando ruim, ela vai ficando lenta.

Cátia Fonseca: Acomodada…

Renato Alves: Pode ficar lenta por falta de uso. O melhor exemplo de boa memória são os atores e as atrizes que tendo forças nas pernas e oportunidade de trabalho eles estão atuando. E na função atual qual é a parte mais exigida?

Cátia Fonseca: A memória!

Renato Alves: É a memória. Então, quanto mais você usa a memória, melhor ela fica. Quanto menos você usa, mais lenta ela fica.

Cátia Fonseca: Então, tudo é um treino.

Renato Alves: Exatamente.

Cátia Fonseca: E pra memória também, o importante é o treino independente da idade que tenhamos.

Renato Alves: Conhecer a memória.

Cátia Fonseca: O Renato Alves volta mais vezes ao programa e por sinal parabéns viu? Eu fiquei indignada como você conseguiu falar aqueles cento e dezoito dígitos e eu sei que é muito difícil pra gente, pelo menos por enquanto, memorizar tantos números. Mas que a gente comece a seguir as dicas do Renato já com os telefones pra gente não ficar se acomodando com o celular, com as agendas eletrônicas. Que a gente volte um pouquinho ao tempo daquela agenda que a gente… a pessoa dava o telefone a gente escrevia, memorizava e como ele diz, na hora que a gente ia fazer a ligação a gente discava o telefone sempre lembrando pra ver se a gente não esqueceu de nada.

Renato Alves: Exatamente.

Cátia Fonseca: É o treino a partir de tudo.

Renato Alves: É o caminho né? Usar a memória.

Cátia Fonseca: O  telefone do Renato que é consultor em memorização é (19) 3123-2404

Renato Alves: Tem um presente pra você, um livro que eu deixei.

Cátia Fonseca: Ahh deixa eu pegar aqui, deixa eu mostrar para os meninos. Tá aqui ohh! O segredo dos gênios.

Renato Alves: Isso! Cátia Fonseca: Manual de orientação pra professores e estudantes.

Renato Alves: Como não tem em livrarias, tá nesse telefone aí.

Cátia Fonseca: Ahh que legal!

Renato Alves: O pessoal entrando em contato é só… Cátia Fonseca: Aí você passou dicas pra gente de memorização?

Renato Alves: A linha de ideia do livro é não pergunte para seu filho se ele já estudou, pergunte se ele sabe estudar. Então, a ideia é falar de como memorizar textos, matérias, o que precisar.

Cátia Fonseca: Olha, o Segredo Dos Gênios: quem lê bastante fala bem, escreve bem, articula bem as ideias, transmite segurança na comunicação, chama atenção e acaba liderando naturalmente. Quem bom resumo né?

Renato Alves: Com certeza!

Cátia Fonseca: Obrigada mais uma vez viu? Parabéns!

Renato Alves: Prazer!

Cátia Fonseca: O prazer foi meu, volte mais vezes!

SAIBA COMO ACESSAR O CURSO COMPLETO DE ESTUDO E MEMORIZAÇÃO. CLIQUE AQUI: https://estudarememorizar.com.br/como-acesso-o-curso

 

Como Começar a Estudar Para Concurso

Saber como começar a estudar para concurso é algo muito importante, principalmente quando você percebe que tem muito conteúdo para estudar, não é mesmo? E aí você pode chegar na seguinte pergunta: como faço para começar a estudar para concurso? Se você está literalmente no apuro e não sabe como começar a estudar, aproveite a leitura desse artigo que eu preparei para melhorar seus estudos e assim fazer aquela prova com a consciência tranquila… sabendo que deu o máximo de si! Vamos lá?

O Poder Dos Hábitos de Estudo

Desde antes do edital ser publicado é muito importante que você adquira hábitos de estudo, mantenha a organização e tenha a preocupação de honrar com os compromissos planejados. Assim, diminuirá a probabilidade de após sair a lista dos aprovados, sentir a indesejada sensação de ter que fazer mais um ano de preparatório para concursos 🙁

Depois que você se acostumar com a realização das tarefas todos os dias, os seus estudos rotineiros passarão a se tornar um hábito comum, evitando desejos de não cumprir o seu plano de estudos.

Pode acreditar: não é tão difícil quanto parece

5 Táticas Para Aprender Melhor

Definitivamente adquirir hábitos de estudo é a melhor forma para você se conhecer e aprimorar seu ‘jeito’ de aprender.

Mas se você já pratica hábitos de estudo, porém não consegue atingir os resultados desejados separei 5 táticas poderosas que se você cumprir poderão maximizar seus resultados de aprendizagem.

Siga a leitura abaixo e aprenda a aprender o máximo possível 🙂

1. Foco de Raio Lazer

Quando alguém menciona que consegue fazer mil coisas ao mesmo tempo a maioria das pessoas já pensa que é uma vantagem.

Porém, há estudos que apontam o fato de que ao se concentrar em uma tarefa de cada vez, o cérebro consegue trabalhar melhor e desenvolver aquela determinada função com maior produtividade. Então, pare de tentar fazer várias coisas ao mesmo tempo.

Quando for estudar, desligue-se do mundo, saia do Facebook, do YouTube, WhatsApp e concentre-se o máximo que puder!

2. Faça Perguntas Durante as Aulas

Se você decidiu se matricular em um curso preparatório para concursos presencial e acha CHATO ter que ouvir o professor falando falando falando lá na frente da sala de aula e você ficar só ouvindo ouvindo ouvindo sentado em sua cadeira, então essa dica é para você.

Definitivamente é menos proveitoso o aluno só ouvir e também o professor só falar. Então, mude essa situação e adquira uma postura participativa. Interagir durante a aula dando sua opinião ou fazendo perguntas é uma boa tática para você aprender mais e manter uma atenção poderosa.

O seu professor vai adorar!

Se o seu professor não tiver tempo para interagir com você durante a aula, faça seus questionamentos após a aula dele… não seja tímido e pergunte!

3. Duvide de Tudo Que Te Ensinam

Se alguém conta… olha… aquilo funciona assim assim assado… e você logo pensa… ahhh é? Beleza! Isso significa que você aceita tudo como é, sem ao menos dar sua opinião.

E sabe o que você perde?

A incrível oportunidade de trocar experiências com as outras pessoas.

É com o questionamento que você aprende. E está comprovado que a interação uns com os outros é uma maravilhosa maneira de aprender mais.

Isso irá estimulá-lo a ir atrás de opiniões das outras pessoas, sem necessariamente impor que a sua opinião é a melhor, e assim você terá conclusões bem mais fundamentadas.

Essa atitude irá fortalecer inclusive em suas redações, pois você terá argumentos mais consistentes e elaborados para escrever!

4. Treine Resolvendo Questões

Você já deve estar de saco cheio de ouvir isso não é?

Ir bem nas provas significa que após assistir as aulas você DEVE obrigatoriamente praticar aquela aula. Nesse momento o seu cérebro está ‘fresco’ com as ideias que ouviu do seu professor e ficará mais fácil consolidar o que aprendeu se você treinar logo após as aulas.

Uma das formas mais eficazes de aprender algo é ter suas próprias experiências, ou seja, aprenda errando durante seu treinamento e não no dia da prova!

5. Não Culpe Os Outros Pelos Seus Fracassos

É muito fácil, e a psicologia explica… culpar os outros pelas nossas fraquezas é muito comum.

Em vez disso, peça ajuda!

Consulte livros e a própria internet pode ajudar.

Alternativamente, você poderia falar com seu professor para pedir uma ajuda extra.

Se estuda presencialmente, exponha que não entendeu o que o professor ensinou na sala de aula e que está tendo problemas. Com certeza você resolverá seu problema compartilhando com as pessoas, especialmente com as que te amam e se preocupam com você.

Finalizando

Espero que essas dicas tenham sido úteis para você aprender a como começar a estudar para concurso!

SAIBA COMO ACESSAR O CURSO COMPLETO DE ESTUDO E MEMORIZAÇÃO. CLIQUE AQUI: https://estudarememorizar.com.br/como-acesso-o-curso

 

Motivação Para Estudar Para Concurso

Olá concurseiro… hoje você vai aprender a ter motivação nos estudos com um guia passo a passo para você desenvolver sua motivação para estudar!

Ter motivação para estudar é um dos principais problemas que os alunos enfrentam. Em todos estudantes que precisam estudar essa característica é nítida: é complicado ter essa motivação.

E como você pode identificar que falta motivação para você estudar?

É aquela sensação de que você sabe que tem que estudar mas aí você prefere fazer outra coisa. Que outra coisa é essa?

Acessar o facebook, ficar vendo a foto lá de não sei quem, ou você fica vendo vídeo no youtube de bichinhos, ou você fica assistindo a filmes, seriado… qualquer coisa… menos estudar!

Você cria uma série de empecilhos que impedem que você estude. Então, você sabe que você tem que estudar e quando você entra na área de membros do seu curso online com seu login e senha pra estudar… o que acontece? Ou quando você abre seu livro para ler… o que acontece? Surge um contratempo, por exemplo, de alguém te chamando no Messenger do Facebook.

Na verdade o que você está se permitindo fazer é fugir do estudo… fugir de estudar. Então, vou ensinar a você como ter essa motivação para estudar. Como você ‘cria’ essa motivação pra começar a estudar agora e estudar todos os dias.

Porque você sabe que sem estudar, você não terá a aprovação que você deseja. Claro… não é preciso nem falar isso pra você, certo?

Então, continue lendo esse artigo para que no final você se sinta mais motivado e comece a estudar de verdade.

Ali está você… olhe… existe a plataforma da motivação onde você está apoiado… e o que sustenta essa motivação? o motivo e o objetivo.

O motivo bem definido e o objetivo bem definido sustentam a sua motivação. Agora, imagine o que acontece se você não definir bem os seus motivos e objetivos?

Você cai… a sua motivação despenca porque você precisa de dois pilares. Um dos pilares é o motivo muito bem definido.

Então, a primeira coisa a ser feita é ter um motivo bem definido…

Qual Seu Motivo Para Estudar?

O motivo para estudar é uma escolha muito pessoal, mas sem dúvida a opção, por exemplo, de realizar estudos a distância cai como uma luva para quem busca adequar seu tempo com as atividades diárias.

Os estudantes on-line podem criar programas de estudo personalizados, os quais são particularmente úteis se eles precisam trabalhar para custear os estudos.

Assim, estudantes adultos podem combinar suas demandas de estudo com a socialização familiar (esposa, marido, filhos, pai, mãe, irmãos, etc.) e a carreira.

Esse tipo de flexibilidade é um motivo e tanto para quem tem sede em aprender mas possui pouco tempo disponível. Porém, pelo fato do ensino online colocar tudo nas mãos do estudante, em se tratando de organização de estudos, não é incomum vê-los sem foco e declamando queixas de falta de motivação.

Você, aluno online, é quem precisa determinar na sua vida quando e quanto estudar, portanto… permanecer motivado é a chave para o sucesso!

Geralmente há vários fóruns e grupos na internet que tratam do tema que você está estudando. Então, faça perguntas e exponha seus pensamentos nesses locais… comunique-se com outras pessoas que estão estudando o mesmo que você para que você se sinta motivado!

Uma boa comunicação faz bem tanto no aprendizado presencial como no virtual 🙂

O Poder Motivacional de Ter Um Objetivo

Uma importante técnica motivacional que você pode utilizar é especificar quais são os seus objetivos. Esses objetivos podem ser tanto a curto prazo, como por exemplo, um exame que está prestes a acontecer ou objetivos a longo prazo, como por exemplo, tirar uma boa nota no enem ou tirar boas notas no final do ano na sua escola.

Os objetivos são uma das melhores fontes para você beber em se tratando de motivação para estudar. Por que? Simplesmente porque são eles que te manterão focado e te permitirão fazer o que precisa ser feito!

Além disso, objetivos sabiamente escolhidos irão te inspirar e te permitirão encontrar o seu verdadeiro potencial. Um efeito positivo adquirido pela escolha de excelentes objetivos é a manutenção da sua perseverança.

Importantes Dicas Para Estabelecer Objetivos:

  1. Escreva seus objetivos e coloque-os perto do seu computador para constantemente lembrar o que você quer atingir
  2. Evite frases vagas, negações ou necessidades
  3. Divida metas complexas em sub-metas
  4. Estabeleça minuciosamente como você pretende atingir essas sub-metas
  5. Visualize mentalmente a conquista de seus objetivos e a sensação que isso irá proporcionar
  6. Gratificação: recompense você mesmo assim que a meta for atingida

SAIBA COMO ACESSAR O CURSO COMPLETO DE ESTUDO E MEMORIZAÇÃO. CLIQUE AQUI: https://estudarememorizar.com.br/como-acesso-o-curso

Como Focar Nos Estudos?

Como focar nos estudo é o assunto abordado hoje e que é altamente importante, principalmente para quem estuda online! Diante do turbilhão de informações que chegam até você, por diversos meios e especialmente pela internet, é necessário que você receba instruções de como estudar de forma concentrada.

É comum estudantes se automedicarem, como por exemplo, tomar estimulantes para aumentar a concentração. Se esse é seu caso, principalmente para quem está estudando para prestar um concurso concorrido,  evite tomar medicamentos que alterem sua função cognitiva.

Em vez disso, inclua a atividade física na sua vida e verá como a velocidade do seu raciocínio e a produção na vida em geral… a sua motivação… a sua disposição de viver… o seu humor… mudarão para melhor!

Então, te garanto que só vai melhorar.

Não é uma pílula mágica que nos faz mudar de atitude e ter mais foco… não existe uma fórmula química pra resolver os nossos problemas sejam eles quais forem… não existe!

É fato cientificamente comprovado que o foco nos estudos pode ser aumentado praticando atividade física. Mover o corpo ajuda seu organismo a liberar para o seu cérebro neurotransmissores importantes que promovem um melhor bem estar, tanto físico quanto mental. Sensações de prazer e satisfação que irão ajudar VOCÊ a aprender cada vez mais e melhor.

A atividade física É UMA ALIADA muito forte pra quem estuda e com certeza irá ajudar no foco para estudar.

Não se preocupe se você encontrar uma resistência muito grande para fazer atividade física. Isso é normal! Só não pode desistir…

Assim como uma prova de concurso se o aluno estuda o ano inteiro, faz a prova e não passa… é necessário continuar insistindo.

A atividade física tem que fazer parte da rotina do concurseiro… porque é disciplina. Assim como os estudos, também é disciplina. Fazendo atividade física você vai conseguir uma BASE muito forte para aumentar a sua concentração nos estudos.

Mas você tem que ter bem claro na mente que aquilo vai fazer bem!

A motivação para fazer atividade física tem que partir de você. De dentro de você. E saber no seu íntimo que aquilo é realmente importante para você.

Como escrevi ali em cima, vários estudos científicos comprovam que fazendo atividade física ocorre a liberação natural, do próprio corpo, de substâncias que vão te fazer bem… que vão te motivar… que vão te estimular… e consequentemente aumentarão a capacidade de foco nos estudos.

Então, tomar um remédio que altere sua mente pra ficar ligado 24 horas… sem as devidas orientações médicas… só vai te levar pra mais perto da REPROVAÇÃO 🙁

Essas atitudes só farão você sair do equilíbrio!

Uma boa caminhada pela manhã pra relaxar a mente, ou a tarde… ou a noite… é fundamental para aumentar a foco nos estudos.

Então, para um concurseiro que quer foco: estimule seu próprio corpo a produzir substâncias boas e não tomar um remédio achando que aquele remédio vai ser o santo milagreiro que irá fazer você ser aprovado.

Finalizando

O que você faz pra aumentar o foco nos estudos? Escreve aqui embaixo que terei o prazer em ler!

SAIBA COMO ACESSAR O CURSO COMPLETO DE ESTUDO E MEMORIZAÇÃO. CLIQUE AQUI: https://estudarememorizar.com.br/como-acesso-o-curso

 

Passar Em Concurso Público De Primeira

Saber o que fazer para passar em concurso público de primeira é uma tática muito boa. Mas saiba é necessário ter a coragem de errar no processo de aprendizado, de arriscar-se e de experimentar sempre com a ideia de que uma hora vai acertar.

Infelizmente, a grande maioria dos concurseiros desistem sem mesmo tentar novamente. Não é raro eles pensarem que ‘não levam o jeito pra coisa‘ e abandonarem os estudos após a primeira reprovação 🙁

Poucos sabem que o grande vilão disso tudo é a enorme expectativa que o concurseiro faz para não errar as questões.

De fato em uma seleção de vários candidatos você precisa ‘acertar’ ou ‘errar’. Mais que isso, você precisa dominar suas emoções como medo, ansiedade, etc. para se concentrar em NÃO errar naquele momento… não é mesmo?

Acontece que ERRAR é exatamente o que você precisa fazer para passar em concurso de primeira. Calma… não estou falando em errar na hora da prova 😀

Quero te alertar para a importância de você ERRAR durante sua preparação prévia, ou seja, durante o seu processo de aprendizado 🙂

O método como se avaliam os estudantes em uma única prova, que teoricamente vai dizer se o aluno aprendeu ou não, não avalia o PROCESSO de aprendizado.

E isso acontece para todo ser humano do planeta Terra rsrsrs

Se você tem medo de ERRAR durante a prova de concurso público, então está na hora de enfrentar esse medo. Vamos pensar juntos em uma maneira de você passar no concurso ERRANDO antes de efetivamente ir fazer o concurso ok?

O Que é Preciso Fazer Para Passar em Concurso de Primeira

Um conceito importante que você, concurseiro, precisa conhecer é como você aprende melhor. Pense em algo que você aprendeu no seu passado. Mas cuidado… não pense que foi naquele dia em que você sentou em uma cadeira na sala de aula e passivamente ouviu um professor falar sobre um determinado assunto.

Esse é o aprendizado passivo. Você não faz absolutamente coisa alguma sem ser ouvir, ou seja, você não está fazendo parte do processo de aprendizado… você não está aprendendo fazendo… você não está errando!

O aprendizado passivo rouba o poder do estudante e faz com que o professor seja o foco da sala de aula. Então, estou pedindo pra você pensar naquele dia em que a curiosidade brilhou em sua mente e inevitavelmente te fez querer saber mais.

Você já sentiu isso?

Você relacionou aquele assunto como sendo útil para sua vida, ou seja, aquele assunto é importante para a sua aprovação no concurso público… por exemplo… estequiometria 🙂

Por isso teve interesse em praticar através de exercícios. Você procurou saber mais, leu a teoria e praticou com várias questões que já foram aplicadas em provas de concurso anteriores.

Com isso você aprendeu fazendo e errando. Então, você caminha pela rua e vê ‘coisas’ por aí sobre o que você aprendeu aparecendo na sua frente.

Pronto! As conexões no seu cérebro foram formadas 🙂 Os pontos foram ligados 😀

Você agora consegue discutir sobre estequiometria com seus colegas e incrivelmente você consegue responder as dúvidas deles…

As mesmas dúvidas que você tinha!

O que aumenta ainda mais o seu grau de entendimento e de maneira muito mais profunda.

Você estava sob o domínio do seu próprio aprendizado porque você aprendeu fazendo e errando! Isso é aprendizado ativo e é assim que todo ser humano aprende melhor.

Dicas Para Ser o Primeiro Colocado

Vale lembrar que querer aprender muito conteúdo em cima da hora definitivamente não é a melhor escolha. Você precisa, no seu ritmo, manter um PROCESSO de aprendizado e pensar sempre em longo prazo. Então, não queira passar de primeira sem manter uma postura de aprendizado ativo bem antes do edital ser lançado.

Sabendo disso, agora saiba que você é o ator principal do seu aprendizado e que pode ocorrer através de algumas técnicas de estudo:

  • Responda muitas questões… você não vai acertar todas… não se preocupe, isso é NORMAL e você já sabe que precisa ERRAR para aprender 😉
  • Registre sua taxa de acerto
  • Mantenha metas bem objetivas para aumentar a sua taxa de acerto
  • Registre as questões que você errou para formar um mapa dos conceitos que não tem domínio ainda
  • Revise os conteúdos das questões que obteve menor taxa de acerto

Essa postura se chama aprendizado ativo: um modo de aprender onde você buscou desenvolver várias ideias conectadas com soluções para as questões que você errou. Mas atenção, não saia lendo a resposta certa sem antes tentar fazer!

Só o aprendizado ativo promove um profundo entendimento conceitual de um assunto que você ainda não domina e é o cerne do aprender fazendo. Exatamente o contrário do que acontece em uma aula tradicional passiva onde você só ouve sem fazer coisa alguma ou quando você abre o livro e fica só lendo sem entender e praticar coisa alguma.

Aliás, ficar lendo textos longos sem buscar formas de absorver essas informações não é a melhor opção. Em vez disso, crie mapas mentais, esquemas e desenhos que vão te ajudar a retomar conceitos durante as revisões. Assim você não vai precisar ler tudo de novo, o que tomaria muito tempo!

Lembre-se, você deve sempre FAZER para aprender determinado assunto. Mantenha uma postura ativa 🙂

No aprendizado ativo você fica engajado e animado para aprender… os conceitos fluem melhor na sua mente porque eles possuem relação com o que você observou nas questões de provas anteriores do concurso que você vai prestar.

Próximo Passo Para Você Fazer 

 

Como Estudar Para Concurso: 6 Dicas Práticas

Saber como estudar para concurso, independente de ser presencial ou online, costuma ser uma pergunta frequente na mente dos concurseiros. No ensino fundamental você deve ter ouvido constantemente que precisava estudar bastante para tirar uma boa nota.

No ensino médio e com a aproximação do vestibular inevitavelmente também deve ter tido essa preocupação. E agora, se você faz curso preparatório para concurso público você deve ter ouvido comentários de colegas, como por exemplo, não basta estudar muito, tem que estudar com qualidade.

Talvez você já saiba que estudar bastante não é sinônimo de estudar bem ao ponto de tirar uma boa nota. O problema é que talvez você não saiba como estudar para concurso e conseguir ser aprovado.

Você quer descobrir? Então, continue lendo comigo.

Poucos Ensinam Como Estudar Melhor

Pois é caro aluno… se você chegou até aqui, provavelmente ninguém te ensinou as estratégias para estudar melhor e tirar uma boa nota.

Ninguém deve ter te ensinado o jeito certo de estudar, pelo contrário… você já deve ter ouvido muito da sua mãe ou do seu pai no passado: Você já estudou hoje? Olha, se você ir mal na escola vou te deixar de castigo! Ei… vá estudar agora pra ser alguém na vida! Vou te tirar a internet se você for reprovado!

E por aí vai… ameaças e mais ameaças que não adiantavam muita coisa não é mesmo?

Não se preocupe, isso é normal! Nossos pais ou responsáveis se preocupam muito com a gente. Mas geralmente eles TAMBÉM não sabem como estudar 🙂

Por isso, vamos continuar a leitura para que eu te ensine tudo que sei sobre como melhorar nos estudos e assim resolvermos esse problema juntos!

Como Estudar Para Concurso

Essa história de não saber estudar é muito séria aqui no Brasil. Nós temos uma dificuldade muito grande porque geralmente os professores não passam o conhecimento para o estudante de como estudar para prova. Os professores dizem assim: essa é minha matéria, essa é a data da minha prova, vá pra casa e estuda!

Agora, qual é o grande problema? A maioria dos estudantes não sabem estudar.

E o que acontece quando você percebe que não sabe estudar? Você pode se sentir desmotivado, desinteressado… acaba pensando em faltar na aula… desistir… e daí vem a cola… xinga a matéria… xinga a escola… xinga o professor…

Na verdade, eu encaro como pedidos de SOCORRO de quem sequer sabe por onde começar os estudos. Pensando nisso, separei algumas estratégias importantes que se você não seguir a risca, poderá estudar por horas e horas mas mesmo assim não ir bem nas provas.

Então, acompanhe logo abaixo algumas dicas para definitivamente você aprender a como estudar para concurso:

#01 Foco Nos Estudos

A questão do foco é essencial. Você precisa desenvolver uma técnica específica que consiga te auxiliar a ter e, acima de tudo, manter o foco.

Você estuda pela internet utilizando materiais digitais? Então, deixe apenas informações relacionados ao seu estudo à sua mostra! Nada de facebook, skype, hangouts, etc.

Ahh… não preciso comentar que você deve desligar o seu celular e até mesmo pensar em tirar do gancho seu telefone fixo.

Se você estuda com livros e apostilas físicas, segue a mesma dica. Desligue-se do mundo, pois você deve focar nos estudos.

Foca nos estudos! rsrs

#02 Acuidade Mental

A nossa memória é abastecida pelos nossos sentidos. Nos estudos, principalmente, nós usamos a visão e a audição. A acuidade significa saber o momento certo de se posicionar da maneira correta nos estudos.

Por exemplo: em uma sala de aula você deve buscar o melhor lugar para ter uma melhor visualização e audição.

Apesar de muitas vezes a sala de aula estar uma bagunça, é possível estabelecer foco e concentração na memória auditiva e também na memória visual, abastecendo melhor essas memórias.

Já em casa, é importante você reservar um canto de estudo!

É muito importante que você reserve um local preparado para que você estude com mais foco, para que você consiga tirar do seu campo de visão qualquer tipo de estímulo que desvie a sua atenção do texto, do livro que você está estudando, do seu caderno, etc.

Faça anotações estratégicas durante a leitura, isso facilitará que sua memória visual se mantenha alinhada com seus estudos.

No ensino a distância também, se você estuda por videoaulas, se você estuda pela internet, há a necessidade de você aprender a adquirir uma postura específica para que você fique mais focado, mais concentrado na aula.

Depois que você sintonizou melhor a acuidade mental, você deve elaborar um plano de estudo.

#03 Elabore um Plano de Estudos

Há uma taxa muito baixa, identificada no Brasil, de estudantes que seguem um plano de estudos. A maioria simplesmente estuda de modo intuitivo. Olham para uma pilha de apostilas e dizem: nossa, por onde eu começo os meus estudos?

Isso é DESANIMADOR! Isso é DESMOTIVANTE!

Com um plano de estudos você estabelece o tempo que você tem de preparação (a data da prova do concurso). Para isso acontecer você tem que fazer uma seleção de todas as matérias que você precisa estudar.

Você precisa descobrir o tempo necessário de estudo para cada matéria… tem matéria que você leva 20 minutos… tem matéria que você precisa investir 2 horas…

Então, você precisa descobrir qual é o tempo necessário para o estudo de cada matéria, coloca isso em uma planilha, segue o plano de estudos inicialmente por 2 ou 3 dias até verificar a validade do tempo que você estabeleceu e assim continua seguindo o planejamento de estudos.

Isso vai fazer toda a diferença, garanto!

Existe um outro plano que é o plano de revisão, que te mostrarei mais adiante… o plano de estudos vai fazer com que você estude com mais tranquilidade, que não acumule matérias para você estudar na véspera da prova e ter que perder finais de semana estudando.

Depois que você estabelece um plano de estudos e segue, você sente que começa a progredir nos estudos… você começa a sentir resultados no boletim principalmente!

Estabelecendo um plano de estudos, agora você precisa fazer a leitura concentrada.

#04 Leitura concentrada

A leitura concentrada é um modelo de leitura diferente daquela leitura em que fomos alfabetizados que privilegia o hemisfério esquerdo do cérebro, que cuida da parte lógica, da parte racional… a leitura concentrada usa sim o hemisfério esquerdo do cérebro, mas ela também utiliza o hemisfério direito do seu cérebro.

Fazendo a leitura concentrada você começa a abastecer memórias operacionais, ou seja, memórias de trabalho… são memórias limitadas em tempo e capacidade.

#05 Retenção Da Memória Através de Exercícios

Com a memória operacional bem abastecida você consegue realizar o exercício de fixação para retenção da matéria. Então veja… você leu o conteúdo… finaliza a leitura… faz exercícios de fixação e assim abastece as memórias operacionais.

Portanto, mãos à obra heim!

Não adianta só ler… é preciso praticar com exercícios 🙂

Já ouviu falar que ninguém aprende a andar de bicicleta só lendo teoria? rsrs

Essa memória é estratégica para curto prazo, mais ou menos a duração dela é de 3 semanas… Então, se você está estudando em uma sexta-feira para uma prova que vai cair na segunda… essa tática resolve.

Agora, essa retenção pode não ser satisfatória se o seu problema é saber um conteúdo para daqui alguns meses no caso de concurso público. Nesse caso, você precisa estudar e fazer o uso de um plano de revisão.

#06 Plano De Revisão

O plano de revisão vai transformar cada conteúdo estudado e fixado em sua memória operacional em uma ficha. Já ouviu falar de fichamento da matéria?

É uma estratégia muito especial que garante muita aprovação de concurseiros. Aprenda a preparar fichas de revisão e a organizá-las para fazer a fixação nos prazos corretos e assim formar as memórias de longa duração.

Então, aquele conteúdo que você estudou no mês de janeiro, no mês de fevereiro… você vai lembrar no final do ano. Isso vai te ajudar a estudar para o concurso!

Você deve investir, portanto, em abastecer a memória a longo prazo… onde o segredo não é a quantidade de vezes que se repete, mas o intervalo entre cada repetição.

Finalizando

As estratégias acima juntas irão te levar mais próximo de uma boa nota no seu concurso público. Com os métodos de estudo corretos tenho certeza que você estará mais capacitado, saberá como estudar para concurso e se desenvolverá de forma independente 🙂

Agora é com você. Espero ter feito você compreender como estudar para concurso!

SAIBA COMO ACESSAR O CURSO COMPLETO DE ESTUDO E MEMORIZAÇÃO. CLIQUE AQUI: https://estudarememorizar.com.br/como-acesso-o-curso

Como Passar Em Concurso Público: 10 Segredos Que Ninguém Te Conta

A preparação para passar em concurso não é só estudar. Estudar é na verdade uma parte. É importante sim… é relevante sim… mas uma das coisas que tratarei com você nesse artigo é que há algumas sacadas secretas para ser muito mais produtivo nos estudos e conseguir a sonhada aprovação.

Então, acredito que uma das coisas mais importantes, que um concurseiro DEVE ter noção, tem forte relação com OS SEUS HÁBITOS e que quero muito compartilhar com você hoje.

São fatores que não dependem só de você saber o conteúdo de química porque muitas vezes você até deve saber toda a matéria mas chega na hora da prova e você pode não conseguir responder as questões 🙁

E aí depois você vê o que você errou e percebe que errou coisas que você estava careca de saber… Que você já sabia! Mas você não conseguiu fazer. Por que será?

Eu apostaria em uma coisa: a sua mente te sabotou 🙂

Isso significa que há algo que vai além de só saber o conteúdo de química visto em sala de aula ou no curso online que você se matriculou. A jornada de um concurso é uma caminhada longa. Por mais curta que ela seja, ela é uma caminhada longa.

E por isso os seus hábitos diários são na maioria das vezes determinantes para a aprovação. E infelizmente está faltando em muitos concurseiros que querem passar em concurso.

Muitos estudantes podem até estar super preparadas. Nós os conhecemos nos cursos preparatórios e até pensamos: nossa… essa pessoa é muita preparada… é muito inteligente… mas não consegue ser aprovado 🙁

Talvez você conheça muita gente assim e talvez você mesmo se sinta assim.

Mas calma… na verdade você precisa conhecer o que vou contar agora 😉

Segredos Para Passar em Concurso

Segredo #01 – Não queira colher pêssego plantando abacaxi

O primeiro conceito importante é o seguinte… pensamentos geram ações que geram resultados. Esse talvez seja um dos conceitos mais importantes para qualquer meta, não só para você passar em concurso. Mas quando estamos falando em seleções rigorosas… ahhh meu caro aluno… aí sim é MUITO importante.

Faz muita diferença! É como se fosse uma chave que você vira na sua mente e que acaba reprogramando seu cérebro. Então, não tem como você ter resultados bons se o seus pensamentos não forem bons também. E você só vai ter ações boas com pensamentos bons.

Não tem como você ter resultados bons, sem ações boas. E não tem como você ter ações boas, se os seus pensamentos não forem bons.

Então, é mais que necessário um alinhamento do seu pensamento porque o seu resultado vai ser fruto das suas ações que são frutos dos seus pensamentos, entendeu? Você não pode querer colher pêssego em uma plantação de abacaxi!

O fruto, que são seus resultados, é gerado pela raiz. É o que está embaixo da terra que trará a árvore para dar frutos bonitos, gostosos, saborosos… e não o contrário. Mas infelizmente a maioria só tende a olhar o resultado, só tende a olhar o que estamos conseguindo e o que não estamos conseguindo.

Normalmente não se pára para analisar que o que a gente não está vendo é que está produzindo o que a gente vai ver. Percebe isso agora?

Então, é muito importante esse conceito. Vou repetir: É MUITO IMPORTANTE ESSE SEGREDO #01 tá?

Segredo #02 – A base do sucesso

A base do sucesso é motivo + objetivo. Mais uma vez, isso não é só para passar em concursos. Ter sucesso em uma seleção concorrida é uma meta como qualquer outra, como por exemplo, emagrecer 🙂

E o que você precisa saber é que há algumas bases que precisam ser trabalhadas na sua mente para você atingir a meta desejada. Uma das bases mais importantes para a sua aprovação é ter consciência e clareza ao mesmo tempo do seu motivo e do seu objetivo.

Você tem que ter consciência dos seus PENSAMENTOS, dos seus SENTIMENTOS e das suas AÇÕES. Veja que há um fator novo colocado aqui… os sentimentos… as emoções…. que na verdade, entre o que você pensa e o que você faz, ou seja, a sua ação… existe o que você sente.

Geralmente não é algo direto: pensar e fazer.

Você pensa e daí gera uma reação interna… um sentimento. E é esse pensamento… é esse sentimento que vai gerar a ação. Então, é muito importante você ter consciência. Por que? Porque se você estiver com pensamentos negativos… se seus sentimentos forem de ansiedade… as suas ações não vão ser boas. Não vão ser de alta performance. Você não vai estudar bem. Você não vai conseguir render e consequentemente você não vai fazer uma boa prova e irá reprovar.

É um conceito que não tem relação com estudar mas que é muito importante. Ele é chamado de ciclo das conquistas. Você precisa entender como isso funciona. Ter consciência do que você pensa, principalmente do seu motivo e do seu objetivo para estudar. Sabendo disso claramente, você sentirá uma motivação muito grande para continuar até passar no concurso. Então, tenha clareza do que você quer através do seus motivos e objetivos 😀

Perguntas Que Vão Te Ajudar a Entender o Seu Motivo e o Seu Objetivo:

O Que Você Quer?

Então, eu vejo um grande problema nos estudantes: falta de foco. O que acontece quando um aluno atira para qualquer lado? Você sai da fila… é… existe uma fila mesmo. É como se fosse uma fila de concurseiros um atrás do outro para conquistar determinada vaga. Eles não estudam para passar, eles estudam ATÉ PASSAR. Quando você desiste de uma fila e entra em outra completamente diferente você pode acabar demorando muito para conquistar seu objetivo final. Então, defina e vá em busca de um objetivo claro.

Por Que Você Quer?

Isso é muito importante para você passar em concursos… e não adianta você dizer que é só pelo dinheiro. Só pelo dinheiro, não conecta ninguém.

Não podemos ser hipócritas e dizer que dinheiro não é importante. Ele é sim porque paga nossas contas. Mas o dinheiro é apenas um dos motivos.

O que vai te fazer vencer os obstáculos inerentes a uma seleção concorrida é muito mais que isso e tem relação com o motivo de você ter escolhido tal curso, cargo ou carreira.

Existem várias profissões muito importantes para a sociedade. Mas por que você quer essa profissão? Por que você escolheu essa carreira? Por que você quer enfrentar concurso para se candidatar a um cargo público? O que ele representa? Quais são os seus verdadeiros motivos para estar nessa empreitada?

Não é só: eu quero passar em concurso porque eu quero estabilidade financeira.

Isso é muito pouco para conectar com a sua mente inconsciente que é a grande questão de todos os nossos insucessos, principalmente relacionado a passar em seleções rigorosas. A nossa mente inconsciente trabalha contra a gente. Ela nos sabota.

E ela só vai parar de nos sabotar quando ela se conectar realmente com os nossos motivos. Quando tiver um vínculo emocional com aquele objetivo que você quer atingir.

Como Você Vai Chegar lá?

E a terceira clareza é como você vai chegar lá. Uma vez sabendo o que você quer. É um sonho antigo e você quer muito. Perfeito 😉

Quando estamos muito conectados com aquilo que a gente quer, responder essas perguntas é muito fácil.

Mas mesmo assim é importante procurar respondê-las da maneira mais detalhada possível. É importante que você reveja essas questões até ter as respostas na ponta da língua. Porque na hora que a jornada ficar pesada, e geralmente vai ficar, são essas coisas que vão te manter no foco.

Então, sabendo os motivos que você quer chegar lá o próximo passo é traçar um plano de ação e segui-lo sem desistir. Quando um concurseiro muda de plano toda hora daí fica difícil e atrapalha muito.

Segredo #03 – Os 5 elementos para aprovação

Você sabe quais são os elementos da aprovação? Vimos acima que a sua mente precisa ser trabalhada para que você não se sabote. Então, poderíamos dizer que o meio do bolo é o elemento central, ou seja, a preparação mental. E em torno do bolo há alguns elementos anexos que você precisa conhecer, pois compõem o segredo para passar em concurso.

Para você ser aprovado você precisa ter noção de 5 elementos:

  1. Preparação Mental
  2. Controle Emocional
  3. Dominar o Conteúdo Certo
  4. Preparo Físico
  5. Saber Fazer a Prova

Vamos conversar um pouquinho sobre cada um deles.

Quantas e quantas pessoas se descontrolam na prova e aí perdem toda aquela preparação que levou, às vezes, anos! Então, esse indícios deixam claro que não adianta focar só no estudo. Não adianta.

Trata-se de um conjunto básico de 5 elementos e não tem como fugir disso tá?

Como dito acima, no centro da sua preparação está o trabalho com a sua mente. É a sua mente que controla o seu emocional. É a sua mente que ajuda no seu preparo físico.

Mente sã, corpo são.

É a sua mente que vai fazer você dominar todo conteúdo e estudar da melhor maneira possível. E é a sua mente que vai te ajudar a saber fazer a prova da maneira que ela tem que ser feita e não da maneira que você quer fazer.

Seja qual for a sua sofrência… em química, matemática, português… tenha calma… e saiba que você não está sozinho.

Desses 5 elementos, quais você arriscaria em dizer que são os mais importantes? Já falamos que a preparação mental está no centro.

Acontece que mais próximo desse centro estão o controle emocional e o preparo físico, sabia?

O principal é cuidar da mente e do físico… e daí automaticamente você irá assimilar o conteúdo melhor e fará uma prova melhor. Por isso que é muito importante você cuidar de si primeiro.

Outra coisa é que você precisa estudar o conteúdo certo, ou seja, você não pode estudar o que você acha que tem que estudar.

No caso de concurso para direito, por exemplo, você pode ter várias vertentes, focos e interpretações daquele mesmo artigo ou lei e as pessoas adoram ficar brigando com a banca.

Gente… não briga com a banca!

Depois que você passar… depois que você conquistar o seu cargo. Aí você escreve um livro. Vira um doutrinador. Aí você questiona. Mas enquanto você não passar, faz o ‘feijão com arroz’.

Responde aquilo que a banca quer que você responda. Então, estudar o conteúdo certo é muito importante. Estudar o conteúdo certo!

Hoje é muito melhor que há 10 anos atrás… há vários fóruns para concurseiros, materiais na internet, palestras no youtube. Então, hoje achar o material… o conteúdo certo para a sua prova, vestibular ou concurso está muito mais fácil.

Estude o edital da seleção que você irá prestar e busque por esses materiais.

É o que o edital está dizendo da forma que a banca pede. Por isso é importante fazer provas anteriores. Conhecer bastante a banca. Faça muita prova daquela banca. Descubra a tendência daquela banca.

Porque às vezes a banca muda… ela vai para um lado e daqui há pouco muda… mas tem sempre uma tendência.

Então, é muito importante você buscar estratégias para saber fazer a prova. Cada prova, cada matéria, existe uma técnica para fazer.

Não é só saber o conteúdo, certo?

Segredo #04 – Mantenha uma vida equilibrada

Nada de altos e baixos… Varar a madrugada estudando como muitos fazem e acham que estão certos. Adote uma rotina sustentável. Por que estou dizendo isso? Porque você vai seguir essa jornada de passar em concurso até passar, não é? Até ser aprovado! Até ver o seu nome na lista! Ihhhh huuu 😀

Porém, é fundamental que essa rotina seja sustentável do ponto de vista biológico. Não adianta você dizer: ahhh eu vou estudar 12 horas por dia… mas e se você trabalha? Você não vai conseguir sustentar isso até passar. E aí você diz: ahhh eu vou estudar meu fim de semana inteiro… se você trabalha… se você estuda a noite… se você tem filhos que te exigem presença… você não vai conseguir seguir fazendo isso até o final.

Você vai conseguir fazer exageros umas duas, três vezes, mas depois a sua mente e o seu corpo não vão aguentar.

Lembra? Cuide de si primeiro… depois do conteúdo. Primeiro, estabeleça e adote uma rotina sustentável.

Você precisa conseguir sustentar a rotina de estudos. Então, pra isso você precisa avaliar a sua rotina atual: seu trabalho e sua família. Qual o seu grau de comprometimento com as coisas que são importantes pra você?

E aí você vai ver o que é possível para você traçar uma rotina de estudos… dentro da SUA realidade. Definindo as suas PRIORIDADES. O que é importante? O que você não pode abrir mão e NÃO VAI abrir mão? O que é importante para você e precisa ser preservado?

Caso contrário… sabe o que vai acontecer? Se você não fizer isso, você vai ficar frustrado. Você vai se desestimular. Você vai se desmotivar…

Então, por exemplo, se você é mãe ou pai e você acha que vai conseguir manter uma rotina de negligenciar demais os seus filhos, você não vai conseguir manter isso por muito tempo. Então, como você deve fazer?

Você prioriza!

Não quer dizer que você não vai pegar um pouquinho daquele tempo. Você vai ter que priorizar sim. Mas você tem que saber que determinadas coisas da sua rotina e que são importantes, você vai ter que preservar. Porque do contrário, fica difícil aguentar e aí você desiste no meio do caminho.

Então, quando a gente prioriza algo nós estamos selecionando. E por isso o que é desnecessário DEVE ser eliminado. Acabe com as distrações!

Você definiu sua prioridade certo? Então, o resto todo é desnecessário… ELIMINA!

Acaba com grupinho no whatsapp que não vai te levar ao lugar que você deseja e que só serve pra trocar bobagens. Não fique perdendo tempo no facebook com coisa que não vai te levar a lugar algum…

Não fica vendo notícia ruim… de tragédia! Desgraça é o que mais passa na televisão. Sai dessa…

FOCA nas coisas que são importantes. Se os artigos que eu escrevo para você ajudam, então leia-os. Mas foque!

Foque só na sua meta e naquilo que você definiu que é sua prioridade. O resto… EXTERMINA tudinho!

Porque caso contrário… ai ai ai… a distração é algo muito sério que precisamos lidar. Há distrações o tempo todo. E por isso você tem que saber que você necessita ELIMINAR tudo que é desnecessário.

E o que é desnecessário quando você está em uma jornada para passar em concurso?

Resposta: Tudo aquilo que não é relativo à seleção e o que não está dentro do que você definiu como prioridade.

O que não estiver definido com prioridade, então é desnecessário nesse momento. Uma outra maneira de adotar uma rotina sustentável é definir submetas, ou seja, um passo de cada vez. Divida a sua meta… porque você não pode ter a sua meta para algo que vai ocorrer daqui há 6 meses. Entendeu?

A não ser que você já tenha definido a data da prova, aí é diferente. Mas mesmo quando você tem uma data definida de prova… um edital definido com a data da prova… você precisa estabelecer submetas.

Por que será? Porque são as submetas que vão te dar motivação. Se você ficar olhando só a meta grande… se você olhar as várias apostilas que precisa ler… se você só ficar olhando para elas… e colocar a meta de ler todas elas… seu cérebro inevitavelmente vai se sentir cansado.

O seu subconsciente vai te colocar pra dormir rsrsrs

Agora se você definir uma meta de ler apenas 2 páginas por dia… você terá muito mais chance de manter esse hábito e chegar na meta final que é ler todas as apostilas 😀

Então, divida sua meta.

Leia um capítulo por dia… ou sei lá… dois capítulos por dia… aí vai do seu rendimento no estudo. Mas se você for pensar num livro inteiro de 500 páginas… ai ai ai… 🙁

Leia uma página por dia… comece pequeno… ao ler sua primeira página no primeiro dia você ficará feliz por ter cumprido o prometido consigo mesmo. No segundo dia você consegue ler mais um página e aí fica mais contente 😀

E aí quando você percebe, depois de um tempo, você naturalmente vai querer ler duas páginas por dia. Entendeu? Quando você olhar pra trás você vai ver que acabou de ler o livro inteiro!

Por isso é muito importante definir as submetas. Quebrar a sua meta… quebrar o seu objetivo em pequenas submetas.

Um outro ponto a favor da manutenção de uma rotina sustentável é estabelecer folgas. Estabeleça folgas! Você precisa de um horário de folga porque se não você explode.

Seu nível de estresse vai lá pra cima… e nem me venha dizer que vai tomar remédio pra ansiedade sem antes ao menos estabelecer uma rotina equilibrada!

Uma jornada de vestibular ou concurso é uma jornada estressante de fato. Então, você precisa estabelecer folgas pré-determinadas para controlar o estresse.

Fazer planos semanais e ajustá-los sempre que necessário também são hábitos que você tem que conhecer para manter uma rotina até passar no concurso.

Você faz planos mas a todo momento você perde o foco e não consegue segui-lo? Qualquer imprevisto você encerra seu plano?

Aí tem duas coisas nessa questão de qualquer imprevisto eu quebro tudo. Primeira coisa é o seguinte: defina a sua prioridade e elimine tudo que é desnecessário. Então, você precisa analisar para ver até que ponto esse imprevisto está dentro das suas prioridades.

Se ele não está dentro das suas prioridades… você não pode deixar ele interferir na sua rotina. Agora, se ele estiver dentro das suas prioridades… aí o que você tem que fazer? O famoso PDCA. Não conhece?

Conheça agora o ciclo PDCA:

Plan = Planejamento

Do = Execução

Check = Checagem

Action = Ação

Na checagem você vai ver se o plano é sustentável e se você consegue cumprir ele ou não. Se você perceber que ele não está funcionando… você não está conseguindo levar ele para frente… você parte pra ação!

E como você age?

Você redefine… você faz os ajustes necessários 🙂

Segredo #05 – Mantenha sua mente alinhada

Manter a mente alinhada…. esse é talvez o hábito mais importante. E como manter a mente alinhada? Mente alinhada significa pensamentos, sentimentos e ações trabalhando em conjunto e de forma correta.

Seu pensamento aliado com seu sentimento alinhado com a ação que você precisa tomar. A tarefa que você precisa fazer. Alinhado com… você estudar… com você fazer o simulado… fazer provas passadas… por você ter a motivação necessária. Tudo parte da mente.

Então, manter a sua mente alinhada com seu objetivo é fundamental. E como é que você faz isso? Primeira coisa: eliminar os pensamentos contrários, desfavoráveis e divergentes. Esquece… elimina… dá um jeito de jogar fora totalmente essa história de que é difícil, de que eu não consigo, tem muito candidato/vaga, ninguém consegue passar…

Se você está em uma meta de passar em uma seleção concorrida, então tire todas essas ‘porcarias’ da sua cabeça e jogue tudo no lixo… simplesmente porque esse pensamento não te ajuda!

Não importa o que as pessoas falam pra você em virtude de todas essas coisas que desviam das nossas metas. Adote hábitos de uma mente alinhada… procure sempre pensar dessa forma… e você verá como vai melhorar a sua procrastinação.

O que acontece com a procrastinação? É o nosso subconsciente levando a gente para a nossa zona de conforto 🙂  Procrastinar é isso… é o nosso subconsciente dando desculpas para nos deixar na zona de conforto.

Porque na zona de conforto está tudo dominado, né? Quando você tem uma ação para fazer… quando você está em uma meta… ir em busca da sua meta é sua zona de desconforto. Por que?

Porque você tem que fazer coisas que normalmente não fazia. E isso não tem como fugir rsrsrs Em qualquer meta acontece isso. E passar em um vestibular ou concurso é uma meta desafiadora! Então, você vai precisar de mais esforço.

E aí, o que seu subconsciente te faz? Ele faz você procrastinar. E não é só procrastinar não… ele te deixa cansado… ele te deixa com sono… ele faz você acordar tarde… ele faz você perder o dia da prova… ele faz você fazer milhões de coisas que você nem imagina. Ele te dá branco.

Isso tudo é o que? É a mente… o subconsciente que não está alinhado com o seu objetivo. E como você poderia alinhar a sua mente? Vou te dar algumas dicas bem básicas. Há várias formas para alinhar a mente… claro… a gente costuma ter várias crenças limitantes.

Mas você precisa ter noção de que é a sua mentalidade que vai te fazer conquistar a sua meta. É a base… o alicerce… sem isso você procrastina e não vai pra frente. É a sua mente forte que vai evitar que você procrastine… que você se sinta cansado.

O procrastinador pode sentir duas dores: a dor do arrependimento e a dor da disciplina. Qual você escolhe?

Então, dicas básicas para alinhar sua mente e eliminar pensamentos que não vão ajudar:

  1. Elimine pensamentos contrários, desfavoráveis ou divergentes. Esquece esse negócio que é difícil, que não consegue, que tem fraude, que tem muito candidato e que não é capaz. Apaga da sua mente e nunca fale que você não vai conseguir. Se você não pode e não vai conseguir então prossiga para outra meta… esquece esse negócio de passar no vestibular ou concurso.
  2. Pense sempre nas coisas que você tem a seu favor. É isso que vai te motivar e conectar seu subconsciente. Você pode não ter todo tempo do mundo. Você pode dizer: ahhh eu não tenho o dia inteiro pra estudar. Mas às vezes você tem uma facilidade de estudo que o outro não tem. Às vezes você pode gostar de estudar… é uma qualidade que você tem! Há casos em que a pessoa tem todo tempo do mundo e não gosta de estudar, não é mesmo? Então, foca nas coisas que você tem a seu favor. Procure incansavelmente pelos seus recursos, pelas suas características. Aquelas que só você possui. As suas habilidades que te favorecem na jornada para o vestibular ou concurso. Esquece aquilo que você não tem. Não é bem esquece… mas aquilo que você não tem, dentro do possível você vai correr atrás pra ter. Mas não fica martelando… ahhh eu não tenho o tempo que gostaria… ahhh eu tenho que trabalhar… ahhh eu não posso passar em um concurso porque eu trabalho… ahhh eu não posso passar no concurso porque eu não tenho dinheiro e o outro fulaninho tem… ahhh o fulaninho ali consegue fazer todos os cursos que eu não faço… Tá bom, mas esquece isso! Foca naquela historinha do sapo que era surdo… conhece? Você tem que focar nas suas habilidades, nos seus recursos e naquilo que você tem de melhor. Porque é você focando nisso que você vai ter energia motivação… perseverança… que vão te impulsionar e aí você vai atrás dos recursos que te faltam! Porque o teu consciente, o teu racional não vai deixar você ficar sem os recursos necessários. Isso é do ser humano… o ser humano vai buscar a solução. O nosso cérebro vai buscar a solução. Só que quem busca a solução é o nosso racional. E quem faz a gente procrastinar, ficar com medo, ficar com dúvida, ficar com angústia, faz esquecer a matéria na hora da prova, ficar sem sono… é o nosso IRRACIONAL. E é ele que a gente precisa fazer entrar no jogo. E a gente faz ele entrar no jogo como? Eliminando pensamento negativo! Focando no positivo. Focando no que a gente tem de melhor que aí ele começa a ficar confiante. Você vai começar a acreditar que é possível sim e tudo começa a fluir.
  3. Cultive pensamentos positivos em relação a sua meta. Troque o ‘é difícil’ por ‘eu posso’, ‘eu consigo’, ‘será fácil pra mim’, ‘eu vou ficar firme até passar’, ‘eu vou estudar até aprender’, etc. Cultive esses pensamentos. Por mais difícil que no início possa ser. Mantenha-se firme focando nesses pensamentos. E quando você perceber que a sua mente está perdendo o foco… tá querendo procrastinar… você se faz a seguinte pergunta: se eu fizer ou deixar de fazer isso hoje, eu ficarei satisfeito comigo mesmo amanhã? Amanhã, quando você quiser ver o resultado… quando você quiser ver o fruto… você vai ficar satisfeito? Você vai se olhar no espelho e ficar satisfeito com você? Daí na hora você se conecta consigo mesmo. Acredite ou não… conecta na hora! Na hora que você pensar em procrastinar… você deve pensar: Caramba, mas se eu deixar de fazer isso hoje, amanhã eu vou ficar satisfeito comigo? Vou ficar orgulhoso de mim? Como eu vou sentir amanhã quando eu não tiver o resultado que eu espero? Na hora você vai sentir vontade de fazer.

Segredo #06 – Estude de forma estratégica

Comece pelas matérias mais fáceis ou que você tem mais facilidade. Por que isso? As pessoas tendem a fazer o contrário, não é? Elas tendem a começar pelo mais difícil.

E aí é o seguinte… se você é uma pessoa persistente igual eu. Perseverante e que gosta de desafios. Se você é uma pessoa gosta de se levar ao extremo e se colocar em pressão. Aí está ok começar pelo mais difícil.

Agora, se você não é uma pessoa com essas características, começa pelo mais fácil! Começa por aquilo que você tem mais facilidade de aprender! Porque você vai ficar motiva. Você vai ficar entusiasmado. Você vai começar a ter mais confiança. E aí o resto vai fluindo.

Uma das perguntas que me fazem quando precisam se preparar para uma prova é em quanto tempo a pessoa vai conseguir entender todo conteúdo. Porém, essa pergunta é muito difícil de ser respondida porque cada um possui uma curva de aprendizado. Então, você precisa conhecer a sua própria curva de aprendizado.

Nada de dizer… ahhh eu estudo 6 horas mas o fulaninho estuda 12… Tá bom, mas a curva de aprendizado dele… qual é? Porque tem gente que tem uma curva de aprendizado alta, ou seja, ele estuda 10 horas e assimila 10 horas.

Agora, se a sua curva de aprendizado são 4 ou 5 horas não adianta você continuar e tentar estudar 6, 10, 12 horas porque você vai perder tempo… é melhor você parar e fazer outra coisa… meditar ou praticar atividade física.

E depois você volta e completa a sua jornada com mais 2 horas. Você tem que saber a sua curva de aprendizado para parar naquela hora que sua cabeça começa a soltar faísca e você não está mais assimilando coisa alguma. É a hora de parar. Não vem com essa história que vai por osmose porque não vai rsrsrs

Pense nas horas ‘líquidas’ de estudo. O importante é o seguinte… quantidade não é qualidade. O que são exatamente horas ‘líquidas’? Você vai estudar… então, horas ‘líquidas’ são aquelas horas que você realmente sentou, pegou o livro, a sua mente estava presente, você ficou ali focado no livro.

Todos estudantes já devem ter passado por isso… tem hora que você senta pra fazer um negócio e a sua cabeça está pensando em mil outras coisas. A sua mente não está ali! Então, você ficou 4 horas mas na verdade suas horas ‘líquidas’ foram 2 horas.

Então, é melhor que você coloque na sua agenda, na sua rotina, no seu planejamento… 2 horas… e que essas 2 horas sejam ‘líquidas’.

Ou seja, você senta, você abre o livro e você está presente o tempo todo para o seu aprendizado. São as horas que você realmente ficou presente para o seu aprendizado e realmente aprendeu.

Segredo #07 – Exercite-se diariamente

É notório os benefícios de uma atividade física regular e você precisa sentir para nunca mais dar vez ao sedentarismo. Esse hábito é FUNDAMENTAL e vai te ajudar muito na questão das horas ‘líquidas’. Os principais benefícios do exercício físico para estudantes são:

  1. Ajuda no seu preparo físico
  2. Dá energia para a jornada
  3. Melhora a circulação sanguínea e consequentemente a oxigenação do cérebro = pensa melhor
  4. Alivia o estresse
  5. Combate a insônia
  6. Aumenta os níveis de serotonina (hormônio do bem estar) = você se sente melhor = estudar melhor = seu rendimento aumenta

Qualquer receita para bem estar é bem vinda, para todos. Porém, para quem está se preparando para vestibular ou concurso é mais que necessário. É mais que uma simples dica. Fique atento que isso é muito sério.

Lembra? Você precisa cuidar de você em primeiro lugar! As pessoas geralmente não faz isso, algo que considero essencial para qualquer pessoa que está em busca de uma meta.

Então, pra qualquer jornada de meta você DEVE se exercitar diariamente nem que seja meia horinha. Você precisa estar com um bom preparo físico porque você ficará horas sentado estudando. Você vai ficar horas fazendo uma prova, um dia inteiro ou dois dias fazendo uma prova.

Seu corpo precisa suportar toda essa carga de estresse. Nesses momentos você precisará de energia máxima. Quando você oxigena o seu cérebro você pensa melhor. Então, fazer atividade física, como por exemplo, uma caminhada… tomar um banho e sentar pra estudar… o seu cérebro vai ficar TININDO. Pode acreditar! Experiência própria.

Você costuma ficar angustiado com os estudos, ansioso? Tem insônia? Então, pratique uma atividade física que você sinta prazer! Sentindo-se bem, estudando melhor, seu rendimento aumenta… isso não é bom? Você vai ter mais horas ‘líquidas’ de estudo. Mais qualidade no estudo.

Então, em hipótese alguma abra mão do exercício físico. Salvo em raros casos que a pessoa é impossibilitada de praticar atividade física… coloque-a na sua rotina definitivamente para que seu corpo consiga aguentar o cansaço e a pressão.

E aí… o que acontece é que aquelas 4 horas que você ficava sentado… se você colocasse nos seus hábitos… na sua rotina… a atividade física… você poderia ficar apenas 1 hora e meia sentado estudando… mas renderia muito mais. Iria valer muito mais que 4 horas. Você consegue render mais. E aí você irá estudar bem. Não adianta só decorar e engolir conteúdos se você não está entendendo o que você está fazendo. Se seu cérebro não está processando.

Segredo #08 – Medite frequentemente

Se você quer passar em alguma prova importante, você precisará muito da sua mente… do seu cérebro. Por isso você precisar cuidar muito bem dele. E como é que você cuida bem do seu cérebro? Do corpo é fazendo exercício… que também ajuda no cérebro.

Então, da mente… é meditando. Se você não gosta de meditar, então você precisa arrumar alguma maneira de fazer o seu cérebro funcionar melhor. Não tem como fugir. Ahhh eu conheço um fulaninho que estudou só 2 meses e passou…

Tá bom, mas não é referência! O fulaninho é ponto fora da curva. Não é uma referência para a maioria. Esses benefícios funcionaram para mim e já ouvi vários relatos de pessoas que precisavam levar a mente ao extremo e que sentiram mais produtivas ao incorporar a meditação em sua rotina diária.

Separei abaixo alguns benefícios da meditação:

  1. Reduz estresse. Não tem pessoa mais estressada que vestibulando ou concurseiro. É uma jornada estressante.
  2. Permite que o cérebro processe mais rápido. Há estudos que comprovam a eficácia disso. E meditação não tem relação com religião. Não precisa ser monge budista. Pode ter relação, sim. Mas não necessariamente. Meditar é uma prática de você serenar a sua mente, se conectar com a sua respiração e conseguir fazer com que seu cérebro trabalhe melhor. É quase que uma ginástica cerebral.
  3. Aumenta as defesas do organismo. Quando nós estamos sob estresse forte, no caso de uma jornada para vestibular ou concurso, é comum a gente ter mais chance de ficar doente. Porque o estresse aumenta e a imunidade baixa. Então, a meditação pode melhorar as defesas do seu organismo.
  4. Melhora a conexão com o nosso centro do medo = diminui sentimentos de angústia e ansiedade. Há estudos científicos sobre meditação que comprovam a sua eficácia nas sinapses a favor da diminuição do medo. Isso é muito importante. Essa coisa da ansiedade e do medo é muito comum nos estudantes. Eles possuem medo de serem reprovados, de não conseguir, de decepcionar a família, etc. Um monte de medo. Não só quando está estudando para vestibulares ou concursos. Mas nesse caso específico você conseguirá benefícios extraordinários. Porém, fique ligado! Há necessidade de estabelecer uma prática diária. Não adianta fazer um dia apenas. Tem que ser todo o dia e o máximo que você puder. Se você puder 5 minutinhos, ótimo! Se puder 30 minutos, melhor ainda. Mas faça diariamente!
  5. Aumenta a concentração = ajusta as ondas cerebrais que filtra as distrações. Ao estar menos ansioso você consegue selecionar melhor os estímulos e assimilar conteúdos com mais eficácia.
  6. Melhora a capacidade de incorporar novos fatos e integrar novas informações.
  7. Melhora a recuperação da memória rápida. Vestibulando e concurseiro precisa da memória rápida. Precisa lembrar daquele artigo pra saber a resposta certa que a banca quer que você dê. Então, recuperação de memória rápida é algo muito importante.
  8. Diminui a frequência cardíaca = diminui o risco de doenças cardíacas.

Uma outra maneira, alternativa, para relaxar a mente é escutar música clássica. Mas além de ouvir música clássica é importante você se conectar com a sua respiração. Porque ficar presente para a sua respiração e respirar melhor é o que vai fazer começar a se conectar e serenar a sua mente.

São poucos minutos necessários para muitos benefícios. Se você está em uma rotina de estudar direto. O dia inteiro… por exemplo… então, faça pausas para meditar. Medita 5 minutinhos. Pode ser ouvindo uma música clássica. Se conecta com a sua respiração. Fecha os olhos. Tenta serenar a sua mente e vai te ajudar muito para aumentar o rendimento.

Segredo #09 – Torne verdade sua aprovação

Importantíssimo! E aí começar a trabalhar um tema chamado Programação Neurolinguística (PNL), ou seja, dar os comandos para a nossa mente e assim ter o sucesso desejado: a aprovação.

Crie o avatar da sua meta. O que seria isso? Seria uma referência… um objeto… uma foto… uma viagem que você vai fazer quando passar. O segredo é imaginar aquilo que vai conectar a sua EMOÇÃO. Você precisa ter um objeto que na hora que você olha você conecta direto com seu subconsciente e fala: putz… eu vou tentar até conseguir isso… hoje eu não vou procrastinar não porque eu quero esse objeto. Precisa ser algo visual. Se você puder pegar, melhor ainda. Se não puder pegar, que seja uma foto. Mas obrigatoriamente precisa mexer com as suas emoções. Conecte-se com aquilo que vai trazer o que você quer. Você está vivendo o hoje mas a sua mente já está PROJETANDO o que vem como se já fosse realidade, entendeu? É meio que brincadeira de criança… que brinca que é super herói. E ele entra naquela brincadeira de tal forma que naquele momento ele é o super herói. Ele é aquilo que ele está brincando. É resgatar essa coisa de criança na gente porque essa imaginação vai fazer a nossa mente, inconsciente, se conectar com a nossa meta.

Outros truques mentais de projeção da realidade:

  1. Imagine-se no dia da prova calmo, seguro, acertando tudo, caindo na prova tudo que você aprendeu.
  2. Pense em você lendo seu nome na lista de aprovados.
  3. Visualize o dia da sua posse do cargo de concurso escolhido. Escolha a roupa que você irá vestir. Pense como você se sentirá. Traga emoção.
  4. Faça afirmações positivas no espelho (todos os dias). Defina suas frases de campeão. Transforme pensamentos negativos em frases positivas.
  5. Imagine-se no seu primeiro dia de trabalho, ou de aula, como você vai se sentir. Imagine como se fosse hoje.
  6. Aos concurseiros, visualize você recebendo o primeiro salário, tirando as primeiras férias de 30 dias.

Segredo #10 – Acredite que é possível

Esse é o mais simples. Porém, para muitos é o mais difícil. Existe um princípio da Lei da Atração: crer para depois ver.

Eu sou assim rsrsrs

Se você não acredita, quem você espera que acredite?

E para finalizar, quero deixá-lo com uma frase:

Acreditar não é garantia de sucesso, mas NÃO acreditar é certeza do fracasso.

Não existe garantia 100% de que acreditando você consegue… mas pode ter certeza que se você NÃO acreditar… aí é que você não vai conseguir mesmo.

Então, foca no ACREDITAR! Acredite em si mesmo. Acredite que é possível. Não importa quanto tempo vai demorar. Se fulaninho passou, se o outro fulaninho também passou. Uma vaga vai ser sua e acabou!

Eu nunca achei que fosse incapaz de ser aprovada no vestibular da Fuvest por ter estudado em escola pública. Eu só sabia que precisava assimilar muito conteúdo em pouco tempo e que tinha que arranjar formas disso acontecer. 

Acredite que você é capaz, e o universo vai fazer você ter razão 🙂

Finalizando

Se essas dicas foram úteis pra você. Não esquece de comentar aqui embaixo! Pra finalizar, gostaria de te convidar para assistir ao vídeo que eu fiz com o intuito de ajudá-lo a diminuir a ansiedade nos seus estudos para concurso público.

SAIBA COMO ACESSAR O CURSO COMPLETO DE ESTUDO E MEMORIZAÇÃO. CLIQUE AQUI: https://estudarememorizar.com.br/como-acesso-o-curso