🎦 Acesse o canal 'Estudar e Memorizar' no YouTube! 🎦

>> ACESSAR

Etapas da Aprendizagem Baseada em Problemas – PARTE 1

ACESSE 100% GRÁTIS TUDO QUE VOCÊ PRECISA PARA ESTUDAR E MEMORIZAR MELHOR QUALQUER CONTEÚDO

😍 MATERIAIS TOTALMENTE GRATUITOS 😍

As etapas da aprendizagem baseada em problemas possui uma estrutura básica regida por princípios gerais que lhe permitem, de acordo com o nível escolar, o curso universitário e a disciplina, modelar-se a fim de atender a cada uma das especificidades.

De acordo com Leite e Afonso (2001) e Leite e Esteves (2005), a estrutura básica da ABP ocorre em quatro etapas. A seguir confira as quatro etapas da aprendizagem baseada em problemas:

  • A primeira etapa inicia com a escolha do contexto real da vida dos alunos para a identificação do problema e a preparação e sistematização, pelo professor, dos materiais necessários à investigação.
  • A segunda etapa segue com os alunos recebendo do professor o contexto problemático. Eles iniciam o processo de elaboração das questões-problema acerca do contexto de que eles têm conhecimento prévio e que aprofundarão. Em seguida, passa-se à discussão dessas questões em grupo (acompanhados pelo professor tutor) para, a partir daí, iniciar o planejamento da investigação para a resolução dos problemas.
  • A terceira etapa é o processo de desenvolvimento da investigação por meio dos diversos recursos disponibilizados pelo professor tutor. Os alunos, nesta fase, apropriam-se das informações por meio de leitura e análise crítica, pesquisam na internet, discutem em grupo o material coletado e levantam as hipóteses de solução.
  • Na quarta e última etapa, elaboram a síntese das discussões e reflexões, sistematizam as soluções encontradas para os problemas, preparam a apresentação para a turma e para o tutor e promovem a autoavaliação do processo de aprendizagem que realizaram. Nessa passagem, procedemos à apresentação de cada etapa, de forma mais detalhada, para compreender a estrutura básica da ABP e as possibilidades de adaptação para os diversos níveis de ensino, de cursos e de disciplinas.

Etapas da Aprendizagem Baseada em Problemas – Etapa 1: A elaboração do cenário ou contexto problemático

A definição do cenário na ABP é uma das etapas mais importantes, pois a escolha de um bom contexto problemático é garantia de que a investigação desenvolvida pelos alunos seguirá com grande possibilidade de alcançar o objetivo pretendido, que é a aprendizagem do tema investigado.

Por isso, o cenário deve ser escolhido a partir de um contexto real, que faz parte da vida dos alunos, para que haja uma identificação imediata do problema motivando-os a continuar o desenvolvimento da atividade investigativa.

Para a construção de um bom cenário, é importante que seja dado um título que chame a atenção do aluno e que, de imediato, identifique o tema objeto de estudo. Este pode ser apresentado em diversos formatos; por exemplo: pequenos vídeos, diálogos impressos, reportagens jornalísticas, figuras, texto impresso, banda desenhada, entre outros.

Logo a seguir, apresentamos algumas características básicas e fundamentais para a definição de um bom cenário, não esquecendo a necessidade de adaptar essas características ao curso, à disciplina e ao nível da turma:

• Atrair o interesse dos alunos: um bom cenário deve ser capaz de atrair e de mobilizar o interesse do aluno para o tema a ser estudado; estimular a pesquisa para aprofundar os conceitos; ser autêntico, proporcionar a ligação do conteúdo programático da disciplina com situações do cotidiano dos alunos.

• Haver correspondência entre conteúdos curriculares e aprendizagem: a correspondência entre o cenário e os objetivos da aprendizagem é fundamental para que os alunos identifiquem que há consistência entre os objetivos definidos no programa da disciplina para a aprendizagem e a aprendizagem de fato.

• Possuir funcionalidade: o cenário é funcional quando pode ser facilmente apreendido por meio de leitura escrita (com um vocabulário acessível e bem construído); visual (com imagens de boa qualidade e tamanho); auditiva (o som deve ser limpo, sem ruídos permitindo uma boa audição para a compreensão dos alunos). Além disso, deve conter as informações necessárias e relevantes para despertar a curiosidade do aluno e ativar seu conhecimento prévio; não deve conter elementos que distraiam a atenção do tema principal da investigação; deve ser desafiante e trazer os conhecimentos necessários à formulação dos argumentos conceituais que levarão à resolução dos problemas.

• Ter o tamanho ideal: O cenário não deve ser nem muito extenso nem curto demais, a ponte de impossibilitar os alunos de identificarem o contexto problemático; e nem ser complexo demais, que impeça a compreensão dos conceitos, ou simples demais que impossibilite a reflexão e a discussão acerca do que deve ser aprendido. Assim, o cenário deve ter o tamanho e a clareza necessários para apresentar a ideia e estimular os alunos a contextualizar e desenvolver a investigação para a resolução dos problemas.

#aprendizagembaseadaemproblema

REFERÊNCIA: Souza, S. & Dourado, L. (2015). Aprendizagem Baseada em Problemas (ABP): um método de aprendizagem inovador para o ensino educativo. Holos, 31(5) 182-200.

DESCUBRA COMO LER, ESTUDAR E MEMORIZAR MELHOR!

E-books e Aulas On-line GRÁTIS para turbinar seu cérebro👇

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

ACESSE 100% GRÁTIS TUDO QUE VOCÊ PRECISA PARA ESTUDAR E MEMORIZAR MELHOR QUALQUER CONTEÚDO

😍 MATERIAIS TOTALMENTE GRATUITOS 😍

NÃO SE DISTRAIA NOS ESTUDOS

Abra seu presente misterioso!

➡ Concentração

➡ Planejamento

➡ Organização

➡ Foco